Farrusca

04-Dez-12-2009-hvviseu @ 2009-12-04 11h00
img
imgimgimgimgimgimgimgimgimgimg

A Farrusca foi encontrada com feridas profundas de mordedura de dois dias infectadas. Vinha muito abatida com sinais de septicemia (infecção sistémica).
Foi imediatamente estabilizada com fluidos e controlo de dor, assim como antibioterapia intensiva sendo em seguida submetida a uma anestesia para limpeza e desinfecção das feridas. Como são feridas extensas e muito conspurcadas não foi possível fechar cirurgicamente tais lesões. Optamos por uma técnica de limpeza e drenagem aberta.
Em dois dias as melhorias foram consideráveis.
Vamos dando notícias da evolução deste caso ao longo da longa recuperação que espera a Farrusca.

Impresso em www.hvviseu.com